No dia em que eu fui fazer as fotos da Aline, eu estava em um dia ruim. Foi doido porque, apesar disso, eu sabia que quando eu começasse a fotografar ia estar tudo bem. E ficou mesmo.

É importante pra mim saber que a profissão que eu escolhi é terapêutica. Quando eu começo a fotografar, tudo fica mais bonito e termina bem.

E as fotos da Aline foram um presente. Porque além de linda, ela também reluz. Ela também me passou a paz que eu precisava. Ela se entregou para mim e a minha câmera e tudo ficou tão lindo que essas fotos me lembram um filme de verão onde tudo tem sorriso e o brilho amarelo alaranjado do pôr do sol.

Eu agradeço imensamente por esse ano, pelas pessoas que se entregaram para as minhas lentes, e pela Aline, que foi tão incrível. Fotos que me orgulho de ter feito ❤