O ano era 2011. Eu ganhei a minha primeira câmera “de tirar a lente”. A minha prima ia casar e eu queria muito fotografar um casamento. Ela não ia ter fotógrafo, então eu fui.

Vocês sabem, eu já contei aqui, eu comecei a fotografar profissionalmente em 2013, mas estudo fotografia desde 2009. Eu gosto muito de lembrar desse dia, desse pôr-do-sol, porque me lembro do caminho que trilhei nesses mais de 11 anos.

E eu, a Marília que se encantava com a fotografia e com o sol no rosto das pessoas, ainda estou aqui. Me encantando com tudo que a luz toca. Me encantando com as ideias mirabolantes que eu tenho pra pagar mais um mês de contas. Me encantando com mais uma pessoa que eu conheço e que me conta suas histórias.